Como fazer um bom currículo para primeiro emprego

Eu tenho certeza que você pesquisou inúmeros materiais na internet sobre modelos prontos de currículos para primeiro emprego. E eu quero te fazer uma provocação, se você precisa se destacar para chamar a atenção do entrevistador, porque usar um modelo pronto IGUAL ao de todo mundo?

O que você vai ler nesse conteúdo, não é uma receita de bolo, e também não pode ser uma regra, mas vão ser algumas dicas importantes que você deveria considerar em seu primeiro currículo.  

Deixa eu acalmar seu coração. O primeiro currículo, ou seja aquele que se busca a sua PRIMEIRA oportunidade no mercado, não precisa e já é esperado que ele não tenha mais que 1 página. 

Porém, a regra número 1 de todo bom currículo é mais uma característica de caráter, ou seja, é necessário que você SEJA honesto e jamais minta. Combinados? blz!

Começando pelos seus dados pessoais, o que nós no EmpregoAgora percebemos depois de falar com mais de 75 mil pessoas.  

Nesse campo, você precisa antes de mais nada ter certeza que os dados estão atualizados, principalmente os de contato. Números de celular que já não estão mais ativos, são os grandes campeões, garantir que o entrevistador consiga te encontrar é um dos objetivos primordiais. 

O que colocar em dados pessoais?

 -Nome completo

-Data de Nascimento

-Telefone Celular, fixo e de algum amigo ou vizinho e claro Whatsapp

-Endereço resumido

-Email 

-E inclua seu perfil do linkedIn junto com o seu perfil cadastrado no EmpregoAgora.

Maravilha, já avançamos uma etapa muito importante. com esses dados você garante ao entrevistador que te encontre com facilidade.

Agora nós vamos para a segunda etapa que são seus Objetivos Profissionais.

Aqui em objetivos profissionais, você pode falar mais sobre sua visão de carreira e alinhar ao máximo com a oportunidade que busca. 

Foque nas posições iniciais, como de estagiário, se estiver na faculdade, jovem aprendiz, se estiver no Ensino Médio, assistente, analista. Pesquise a mais adequada para você e detalhe tudo.

Uma super Dica: Grave um vídeo curto falando sobre você. Isso tem um impacto gigante e conta muito na aproximação e causa uma boa imagem para o entrevistador. 

O próximo passo é falar sobre sua Formação.

Aqui você pode ser mais direto, falar sobre a instituição que estudou e se teve algum destaque em alguma matéria, prêmio etc. 

Logo após chegamos a uma etapa de muitos tabús. Experiência profissional.

Como falamos antes, você não tem a OBRIGAÇÃO de tê-las neste momento. 

Aqui, quem está no início da carreira pode dar uma ênfase diferenciada. Já que não tem muitas ou nenhuma vivência profissional no mercado, o truque é destacar outras experiências que te ajudaram a se desenvolver.

Então além de um estágio, conta um “bico”, trabalho freelancer. Além disso, trabalhos voluntários, que não só podem ser uma prova de algumas habilidades desenvolvidas, como costumam ser muito bem vistos pelas empresas. 

De início já mostra que você é capaz de se dedicar, mesmo sem ser remunerado, por uma causa em que realmente acredita.

Outra forma de enriquecer seu currículo é apostar na própria formação. Aulas, palestras, oficinas, cursos online… Qualquer forma de qualificação pode servir a seu favor e deixar claro que você está interessado em progredir pessoal e profissionalmente.

Também vale falar sobre projetos acadêmicos feitos na faculdade. Mesmo que você não tenha feito iniciação científica, fale sobre trabalhos que exigiram grandes doses de dedicação e competências como liderança e resiliência.

E por último o que pode ser um checkmate, são as Referências. Pessoas que te recomendam.

Hoje em dia com um celular você faz coisas incríveis, inclusive colher depoimentos a seu respeito. Pessoas que possam falar seus diferenciais e ajudar a destacar os seus pontos positivos. 

Você pode criar uma playlist no youtube e colocar o link encurtado… assim você organiza melhor seu currículo. 

Gostou dessas dicas?

Deixe seu comentário aqui em baixo 😉

  • Share this post

Deixe um comentário